terça-feira, 8 de setembro de 2009

Seremos nós os invasores?

A natureza modificou a superfície terrestre, habitada por seres que viveram durante milhares de anos em harmonia, por muito tempo conservou-se sem danos ao futuro. Numa Era em que a ciência não consegue explicar surgiu um ser, que se autodenominou humano, racional e inteligente. Passou a viver em comunidades para se proteger de outros seres. Seu modo incontrolável de procriar chegou a um limite: para melhorar sua condição de vida, poluiu o seu meio ambiente.
Hoje, a Terra superpovoada pelos humanos, sente que estes seres, os quais se consideram seus donos, pouco fazem para preserva-lá. o Instinto predatório põe em risco de extinção diversas espécies, inclusive a sua.
Por que estes seres cuidariam do que não construíram? Por que destroem a si mesmos? Nossas viagens espaciais não serão indícios de que partiremos assim que este planeta não servir mais?
O homem procurou no seu inconsciente o sentido da sua existência. O melhor olhar. Vasculhou o céu e teve pressentimento de que não estava só, como se lá de cima alguém também olhasse para ele.
(Texto "Seremos nós os invasores?", retirado da Revista Idéia, nº 4, ano 2, escrito por Ivonei D'Peraça)

Um comentário:

  1. O ser humano é o único animal que destrói o próprio ambiente em que vive... Deprimente...

    ResponderExcluir